Nota de repúdio pela agressão sofrida por enfermeira no seu local de trabalho - Senece - Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará

Nota de repúdio pela agressão sofrida por enfermeira no seu local de trabalho

 

A diretoria do Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará (Senece) repudia de forma veemente a violência sofrida por uma enfermeira no seu local de trabalho, no Hospital Gonzaga Mota Barra do Ceará, na noite do domingo, 1 de maio, logo em uma data de comemoração ao Dia do Trabalho.

A agressão só aumenta as estatísticas de violência sofrida pelos profissionais da Enfermagem. É importante que a sociedade entenda que a culpa por um atendimento precário oferecido à população não é dos trabalhadores e sim dos gestores que conduzem de forma maléfica o orçamento destinado à saúde.

A presidente do Senece, Telma Cordeiro, entrou em contato com o Hospital para que se posicionasse sobre o ocorrido. Em contato com a diretora técnica da Enfermagem, Lúcia de Fátima, o Senece apurou que as providências também serão tomadas, onde foi informado que já foram enviadas as imagens e um ofício para a Secretaria de Saúde de Fortaleza.

O Senece prestou solidariedade à enfermeira e colocou à disposição nossa assessoria jurídica para que junto à justiça, possamos responsabilizar os culpados.

Lutamos pela erradicação da violência no trabalho e não iremos cessar força para que caso como este não se repita novamente.

Senece

Entre em contato conosco, escolha a forma de sua preferência

Senece - Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará
Endereço: Av. Santos Dumont, 2626 - Centro | Fortaleza - CE
Salas: 202 e 203
Telefone: (85) 3224-2771
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Copyright© Senece 2015. Todos os direitos reservados.

Parceiros

Copyright (c) Site Name 2012. All rights reserved.