Maracanaú| Enfermeiros paralisam atividades por uma hora contra a retirada de direitos já garantidos - Senece - Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará

Maracanaú| Enfermeiros paralisam atividades por uma hora contra a retirada de direitos já garantidos

Profissionais de nível superior da saúde realizaram na manhã desta segunda-feira, 15/5, ato em frente ao Hospital Doutor João Elisio de Holanda contra uma série de irregularidades com direitos já assegurados aos trabalhadores.

 

A paralisação durou cerca de uma hora, das 9h às 10h, e contou com a representação do Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará (Senece), do Sindicato dos Odontólogos e da Central Sindical CSP- Conlutas.

Os profissionais reivindicam na pauta: carga horária permanente dobrada nos finais de semana, conforme Lei nº. 1706, de 21 de julho de 2011, revogada pelo PL nº. 027, de 3 de abril de 2017 e descongelamento das gratificações (Urgência e Emergência e Especial de Atividade).

De acordo com a presidente do Senece, Telma Cordeiro, durante o ato as entidades representativas tentaram ser recebidas pela direção do Hospital, que segundo funcionários não estava presente no local. Um porta-voz do Hospital ficou de entrar em contato com o Senece para marcar audiência ainda nesta tarde, que até às 16h não obtivemos respostas. 

 

Durante o ato ocorreu uma assembleia, ficando deliberada uma nova paralisação para o próximo dia 22 de maio, das 9h às 10h, em frente à Prefeitura de Maracanaú. Caso os profissionais não sejam recebidos, será decretado estado de greve.

 

Senece

Entre em contato conosco, escolha a forma de sua preferência

Senece - Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará
Endereço: Av. Santos Dumont, 2626 - Centro | Fortaleza - CE
Salas: 202 e 203
Telefone: (85) 3224-2771
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Copyright© Senece 2015. Todos os direitos reservados.

Parceiros

Copyright (c) Site Name 2012. All rights reserved.